sábado, 12 de março de 2011

O PAI DE TODOS

Escrever é difícil. Alguma vez na vida alguém já deve ter dito isso a você. Eu nunca fui bom com as palavras, muitas pessoas sabem disso, mas pretendo, de maneira simples, contar-lhes um pouco da vida de compositores, músicos, intérpretes e sujeitos que fazem com que nosso estudo de música se torne mais agradável e muito empolgante. Apresentarei a cada semana, um compositor, contando um pouco de sua vida, sua trajetória na música erutida/popular, suas influências e principalmente sua melhor composição, de acordo com a minha concepção. Então, sem mais delongas, vamos direto ao assunto do dia. Haydn.

Nasce, em 31 de março de 1732, em Rohrau na Áustria, Franz Joseph Haydn, um católico ferforoso (não que eu seja um, pelo contrário). Sempre que terminava uma composição, escrevia as palavras Laus Deo (Glória a Deus) na partitura. Escreveu para todas as formas e formações, é considerado o pai da sinfonia moderna e o criador do quarteto de cordas (2 violinos, 1 viola e 1 violoncelo).
Hoje, especialmente para vocês, vou escrever um pouco sobre o Concerto para Violoncelo e
Orquestra nº 2, em Ré Maior.

Haydn compôs dois concertos para violoncelo. O primeiro, entre 1765 e 1769, em Dó maior, só foi redescoberto em 1961. O segundo, em Ré maior, de 1783, foi composto especialmente para Anton Kraft, principal violoncelista da Orquestra de Esterházy. Acredito que esse seja o concerto haydniano mais ambicioso para o instrumento. Uma brilhante peça, que utiliza cordas duplas e triplas e também apenas pares com oboés e trompas. Com uma sequência solística surpreendente, que impressiona qualquer instrumentista, principalmente um violoncelista.
Haydn morreu em casa, no momento em que o exército francês cerca Viena, em 31 de maio de 1809.

Concerto para Violoncelo e Orquestra nº 2 em Ré maior.
1º - Allegro Moderato (forma sonata)
http://www.youtube.com/watch?v=IngF3Kq6vvg&feature=related
2º - Adagio
http://www.youtube.com/watch?v=n_R9cRcrpZc&feature=related
3º - Rondó (allegro)
http://www.youtube.com/watch?v=NOcOOoqI290&feature=related


Ah, uma coisa mega importante, não esqueça de comentar, vou sobreviver disso.

8 comentários:

  1. Muito interessante o seu blog.O que mais me chamou atenção é a forma simples e direta com que interage com o leitor.Gostei muito ao saber que ao término das composições Haydn escrevia Glória a Deus; são em pequenos detalhes que o homem demonstra sua fé.
    Muitas cousas ainda estão por serem descobertas, assim como a composição reencontrada no século XX composta no século XVIII.

    Boa sorte e sucesso, como dizia um certo professor de História, seu xará.

    ResponderExcluir
  2. ô confrade!
    Aí sim, hein!

    Da pesada seu blog, só falta tomar vergonha na cara e levar o lixo, seu preguiçoso da pórra.

    é isso aí!

    ResponderExcluir
  3. Eu sempre consigo o que eu quero. Até fazer o Carlos escrever um blog!
    Brincadeira....
    a idéia foi sua...

    Continua postando!

    ResponderExcluir
  4. Tai um cara que entende a música tocando um instrumento melhor que escrever! Mando bem!

    ResponderExcluir
  5. Para quem descobriu hoje, por acaso, embora eu já soubesse disso, mas não queria admitir, música classica, erudita ou o nome que for dado é muito interessante, eu diria até empolgante.
    E Carlos, está de parabéns pelo blog... mas ve se estuda matemática também né

    ResponderExcluir
  6. Muito legal, Carlos... Realmente é um belo concerto de haydn, não sou muito fã de classicismo mas gosto muito de haydn, os concertos para oboé dele também são demais... Ah propósito, sugestão para próximo post, vc poderia escrever sobre o filho de Bach, Carl Philipp Emanuel Bach, ele escreveu concertos para cello simplesmente maravilhosos...http://www.youtube.com/watch?v=2ZWqMiEO14g&feature=related

    ResponderExcluir