sexta-feira, 1 de abril de 2011

UM MAGO AO PIANO

     1811, 22 de outubro. Franz Liszt. Nasceu em Raiding, na Humgria. As mulheres o adoravam, mas Liszt também tinha outros predicados. Além de notável professor de piano, foi o inventor do Recital e do Poema Sinfônico. De música variada, rica e de dificil classificação, ele foi romântico, nacionalista, moderno e impressionista. Não por acaso, mais da metade de suas 700 obras eram transcrições e arranjos, de Beethoven, com suas transcrições das nove sinfonias, de Bellini, Donizetti, entre outros. Liszt conheceu inúmeros compositores, tais como Tchaikovsky, Wagner, Berlioz, Chopin, Mendelssohn e até mesmo Beethoven. Liszt morreu em 31 de julho de 1886, em Weimar, Alemanha.


Concerto para Piano e Orquestra Nº 1 em Mi Bemol Maior

     Foram dois concertos para piano e orquestra, trabalhados desde os anos 1830. O Concerto Nº 1 soa como uma obra única, por seus quatro movimentos sendo interligados, com constantes sobreposições temáticas de uma seção sobre a outra. Longas passagens de instrumentação camerísticas, com o piano surgindo sempre de modo imediato após as aberturas orquestrais. Sua primeira execução, foi em 1856, com Berlioz na batuta e o próprio Liszt ao piano. Uma das partes mais belas dessa música, é no segundo movimento, um Quase Adagio, com violoncelos e contrabaixos apresentando o tema da primeira parte e trabalhado pelo piano em um longo solo, com a mão esquerda realizando acompanhamento em arpejos.      Tenham uma boa audição dessa imponente obra. 
     A partir de hoje, o sistema na qual os senhores terão para ouvir a música, será por um link (clicando aqui) para o download, é só baixar a pasta e curtir. Como dito anteriormente, Carl Nielsen está na votação para a próxima semana. Obrigado pela leitura!

"Problemas com o link? Deixe um comentário!"
    

    

Um comentário:

  1. Hummmm... não gostei.. era bem melhor com o link do youtube... em vez do dowload do Rapidshare.^^

    ResponderExcluir